shutterstock_1368597587
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Além do “clique aqui”: como escrever bons textos para botões de CTA

dti digital

dti digital

Um dos nossos colaboradores especializados!

O botão de Call To Action, ou chamada para ação (CTA) é o elemento fundamental de uma interface: é a sua principal ferramenta de conversão, o ponto em que as decisões da pessoa usuária são convertidas em ação. É um elemento que merece toda a nossa atenção na hora de planejar uma tela, tanto no design visual quanto no texto. Um botão pode ter um planejamento visual impecável, mas se o texto que o acompanha estiver confuso, a experiência e a usabilidade do sistema serão prejudicadas. Por isso, separamos algumas dicas com estratégias de UX Writing 

Pense sempre na geração de valor do CTA, e não na ação a ser realizada

O objetivo de qualquer interface é resolver um problema ou responder a algum desejo de quem a utiliza. Por isso, faz mais sentido escrever qual será o valor gerado por aquele clique, ao invés de redigir uma descrição simples da ação a ser realizada. Isso é especialmente importante para botões em landing pages e CTAs. Ao apresentar logo de cara os ganhos gerados pela interação, a taxa de conversão desses botões será muito mais alta.

Em um produto que faz o envio de pacotes, por exemplo, pode ser necessário fazer um cadastro antes de completar a solicitação. Nesse caso, mesmo que a ação imediata do botão seja levar a pessoa usuária ao formulário de cadastro, o melhor texto  não deve falar sobre isso, mas sim sobre a entrega dos pacotes, que será o valor real gerado por aquela interação (mesmo que isso demore mais alguns passos).

A imagem contém dois botões azuis lado a lado. O da esquerda diz "Cadastre-se" e o da direita, "Quero enviar um pacote"

Esqueça o “sim ou não” em CTA

É muito comum que as pessoas apenas escaneiem os textos das interfaces, ao invés de ler tudo com cuidado. Por isso, botões que usam verbos para confirmação de ações no sistema acabam criando um atalho de entendimento para as pessoas usuárias.

Quando usamos “sim” e “não”, se torna necessário ler o texto anterior com atenção, o que pode gerar eventuais problemas de entendimento. Claro que existem exceções, casos em que o texto explicativo é mais complexo e não existe uma ação clara que possa ser entendida com poucas palavras, mas o ideal é que o texto do botão seja capaz de dar o direcionamento necessário para o clique sozinho.

Modal de salvar com texto "Salvar alterações - Deseja salvar as alterações feitas no documento?" e dois modais, o da esquerda possui contorno azul claro e fundo branco e texto "Sair", e o da direita possui fundo azul escuro e o texto "Salvar".

Use termos consistentes e específicos em CTA

Ao se referir a uma certa ação ou conteúdo do sistema de alguma forma, é importante usar os mesmos termos durante todas as interações similares. Manter o texto consistente é crucial para ter uma interação fluida e evitar atritos de comunicação.

Além disso, também é importante prestar atenção no significado específico dos termos utilizados. Existem palavras que podem parecer sinônimos exatos, mas na verdade têm significados levemente diferentes, mas o suficiente para alterar o entendimento das pessoas usuárias.

Nesse exemplo, o card da direita pode ficar confuso ao usar os termos “remover” e “deletar” num mesmo contexto. O card à esquerda apresenta consistência e usa o termo mais adequado para a situação.

Dois modais lado a lado com textos iguais e dois botões. No modal da esquerda temos o botão da esquerda com contorno azul claro, fundo branco e texto "Cancelar" e botão da direita com fundo azul claro e texto "Remover". No modal da direita temos o botão da esquerda com contorno azul claro, fundo branco e texto "Cancelar" e botão da direita com fundo azul claro e texto "Deletar"

Fale a língua de quem vai usar seu produto

As pessoas que vão usar sua interface precisam estar familiarizadas com a linguagem usada. Não adianta nada dar explicações complexas sobre um sistema para um usuário leigo, ou usar expressões regionais para um produto que será usado no mundo inteiro.

Por exemplo, usar o termo spam para se referir a e-mails indesejados já se tornou um padrão, mas para alguns grupos de pessoas, a expressão ainda pode ser confusa. Por isso, é  importante realizar testes e pesquisas para garantir que a linguagem do seu produto está adequada ao seu público.

Dois botões com fundo azul escuro. O botão da esquerda diz "Lixo eletrônico" e o botão da direita diz "Spam".

Use os padrões que já existem em CTA

Nesse caso, o texto segue um princípio parecido com o dos ícones: se já existe um padrão nas interfaces dos produtos que usamos, é bom reproduzi-lo. Ao interagir com um sistema novo, a tarefa da pessoa usuária fica muito mais fácil se ela já estiver familiarizada com o contexto dos termos usados na interface.

Um exemplo é o botão “Adicionar ao carrinho”, como forma de selecionar um item para compra. É um texto que já demonstra a intenção de compra, mas não a conclusão e pagamento imediato. Tentar alterar esse texto pode deixar as pessoas confusas, e até influenciar na taxa de conversão.

Dois botões azul claro. O botão da esquerda diz "Comprar" e o botão da direita diz "Adicionar ao carrinho".

Além de seguir essas dicas, é importante fazer testes constantes com o conteúdo da sua interface. Para ter certeza de que o texto escolhido é realmente o mais adequado, a melhor alternativa é o contato direto com as pessoas que vão utilizar o seu produto. Seja com testes A/B, de usabilidade (supervisionados ou não), ou testes específicos para conteúdo, é a partir do feedback das pessoas usuárias que conseguimos ter a certeza de que o texto do produto está realmente funcionando.

 

Por: Luiza Christófaro Bragança

Preencha seus dados para receber nossa newsletter!

Ficou com dúvidas?

contato@dtidigital.com.br
R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010

Cuidado

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para analisar sua experiência no site e personalizar conteúdos e anúncios durante sua navegação. Ao navegar pelo site, você autoriza a DTI Digital a realizar tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.

you are being redirected to a page in portuguese, do you want to continue?