Alexa
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Alexa: Entenda melhor a assistente de voz da Amazon

No contexto em que vivemos, muito se discute sobre assistentes de voz: Sobre marcas, preços, LGPD, usabilidade, funções, etc. Muitos usuários também usam desses recursos parar otimizar seus processos de convivência e transformarem a Alexa, por exemplo, em uma peça-chave na geração de valor individual. Este artigo tem como foco a contextualização da Alexa como assistente de voz e como essa tecnologia influencia o futuro das pessoas.

Em resumo, os assistentes de voz funcionam como facilitadores de ações cotidianas, realizando ações do cotidiano de maneira otimizada e tecnológica. O ideal é que cada dia mais objetos da casa sejam conectados aos assistentes, porque dessa forma eles exploram mais suas funcionalidades. Um exemplo dessa integração digital são as geladeiras conectadas: Se elas são conectadas à Alexa, por exemplo, a assistente é capaz de te dizer quais produtos faltam na geladeira e o que você não precisa comprar, sem contar que ela te avisa quando algo vai vencer. Incrível, né?

Para que serve a Alexa?

No pouco tempo em que a Alexa chegou no Brasil, a assistente de voz vem conquistando usuários e está cada vez mais presente no nosso dia a dia, provocando o alcance de milhares de usuários. Como já foi citado anteriormente neste artigo, ela pode avisar as datas de vencimento dos produtos da geladeira, mas suas funcionalidades vão muito – mesmo – além disso. A assistente foi lançada oficialmente em 2014 e é integrada aos alto-falantes da Amazon: A Echo Dot e a Amazon Echo (os quais abordaremos posteriormente).

Ela também pode acender ou apagar luzes e ligar ou desligar aparelhos eletrônicos que você tenha em casa e que sejam conectado à rede de internet. O suporte da Alexa também pode ir para o campo mais individual de cada um, pois, se configurada ao celular, ela faz ligações por controle de voz, manda mensagens, coloca músicas no seu streaming de áudio favorito, marca eventos na agenda, desmarca compromissos, etc. Esse é um reflexo muito claro do quão influente o contexto digital tende a ser em nossas vidas daqui pra frente.

Alexa Skills Store 

Qualquer pessoa pode criar Skills e publicá-las na Alexa Skills Store. Skills são como aplicativos para Alexa e fornecem conteúdo ou serviço. Permitindo que usuários usem suas vozes para realizar tarefas diárias, como verificar notícias, saber do clima, ouvir música e muito mais.

Ela é acionada por intenções, que são as ações disponíveis para um usuário em uma skill. Fazendo ser possível procurar uma música , parar a reprodução, pedir uma pizza ou incluir itens na lista de comprar, sendo que alguns deles são pré-definidos pela Alexa. Existe a possibilidade de prototipação das intenções, elas podem ser feitas através de frameworks de fluxo de conversação, por exemplo o Fabble.

A configuração e parte do desenvolvimento é feito através da interface Alexa Developer Console. Nessa interface são definidas as configurações da skill, como o nome de invocação, intenções de diálogo, configurações de permissão e integrações. Ao finalizar o desenvolvimento da Skill, ela é enviada para a Amazon, que após a aprovação é publicada.

Quanto custa uma Alexa?

O preço dos assistentes de voz, de maneira geral, variam. Assim como qualquer console, a qualidade, produção, performance e material são fatores que influenciam diretamente no valor de mercado desses produtos. A Alexa, especificamente, é um produto distribuído pela Amazon, e chegou no Brasil ainda em 2019. Ou seja, ela ainda é uma novidade em terras tupiniquins e tem um valor mais alto por ser um aparelho em alta e recém-chegado.

A Alexa também é integrada em dois aparelhos próprios da Amazon: a Echo Dot (com preços que variam entre R$250 e R$400) e a Amazon Echo (com preços que variam entre R$450 e R$730). As funcionalidades dos dois aparelhos variam de menos funções a mais funções respectivamente.  O melhor lugar para comprar uma Alexa, é na Amazon, que sempre tem promoções incríveis.

Por fim, mas não menos importante, uma curiosidade: ALEXA, FALE BALEIÊS ou ALEXA, FAZ UM BEATBOX. O resultado será divertido!

Episódio 89 Os Agilistas

Tem interesse em fazer parte de um time de pessoas que entendem de transformação digital e metodologia ágil? Acesse nossa página de vagas e fique por dentro das oportunidade e processos seletivos disponíveis! Outra forma de se inteirar mais da cultura dti é por meio do nosso podcast, Os Agilistas. Nele, assuntos sobre desenvolvimento ágil e o futuro do mercado de trabalho são discutidos de maneira didática e completa! Escute em sua plataforma de áudio favorita ou, se preferir, assista em nosso canal do YouTube.

Preencha seus dados para receber nossa newsletter!

Ficou com dúvidas?

contato@dtidigital.com.br
R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010

Cuidado

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para analisar sua experiência no site e personalizar conteúdos e anúncios durante sua navegação. Ao navegar pelo site, você autoriza a DTI Digital a realizar tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.

You will be redirected to spotify