desk research
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Desk research: entenda o que é e como realizar

No contexto de Product Design, o processo de pesquisa é de extrema importância para o desempenho final do produto ou interface. Contudo, esse mesmo processo demanda investimento e dedicação, seja de tempo ou dinheiro. Graças a essa necessidade, foi criada / idealizada a pesquisa secundária, chamada e conhecida como Desk Research. Compreenda de uma vez por todas o que é uma Desk Research e como realizar essa pesquisa desk. 

O que é desk research? 

Desk research – ou pesquisa secundária – é utilizada, em geral, para estudos e análises de diferentes naturezas. Isso se deve ao fato de que as pesquisas secundárias não exigem recursos, já que elas fazem uso de dados já disponíveis na internet e em plataformas impressas. Um exemplo prático do uso de desk research é: para patentear um nome ou uma marca, é preciso conferir e analisar a disponibilidade jurídica de nomes, etc, correto? Esse processo já é uma forma de aplicação da desk research. Analisar a opinião de usuários das redes sociais diante de algum assunto é uma ajuda para guiar uma campanha publicitária para divulgar algum produto, correto? Esse é outro exemplo de desk research.

Como utilizar desk research?

Por se tratar de uma metodologia de pesquisa, a Desk Research pode – e deve – ser utilizada antes do início de qualquer projeto de Product Design, seja um protótipo ou um teste de usabilidade, por exemplo.

Desk research também são utilizadas para diferentes objetivos, inclusive os de otimizar ou enriquecer uma pesquisa quantitativa. Dados secundários são, normalmente, utilizados para reforçar argumentos e iniciar estudos maiores e mais aprofundados. Antes de fechar contrato com uma pesquisa de mercado online, por exemplo, recomendamos a utilização de uma desk research para começar a validar hipóteses sobre o estudo em questão.

Dados para desk research 

Ainda que desk research seja um método mais custo-benefício, existem algumas exigências fundamentais para implementar uma Desk Research de maneira eficiente.

Uma das metas iniciais e principais é fazer o uso de apenas fontes confiáveis para pesquisas e informações, independente de qual contexto a organização esteja inserida.

Desk research - Episódio 154

Ainda que a gente tenha, por meio do contexto digital, uma infinidade de materiais que podem ser acessados pela internet (matérias jornalísticas, documentos, pesquisas de IBOPE, etc), não quer dizer que todas essas informações sejam de qualidade. Além do questionamento sobre a qualidade das informações, precisamos pensar na veracidade das mesmas, afinal de contas, vivemos na era das fake news. Com isso, a internet não é a única fonte possível de informação para realizar a Desk Research. Por isso, quem trabalha com essa forma de pesquisa secundária deve sempre se atentar às diferentes maneiras de coletar dados e informações 

Fontes para desk research 

Usar dados fornecidos por fontes confiáveis é o primeiro passo para uma análise certeira para sua pesquisa desk. Para isso, utilize fontes que fujam apenas da internet: ela é uma ótima aliada, mas não é única. Separamos abaixo algumas que podem ser úteis: 

Bibliotecas

Elas podem parecer um tanto quanto ultrapassadas, mas têm um material de extrema riqueza e capital intelectual. Compareça à mais perto de você e utilize seus livros, artigos e arquivos físicos para uma pesquisa desk bem feita. Muitas são públicas e você tem acesso aos materiais de maneira gratuita! 

Escolas

Elas são a base para o conhecimento e o primeiro contato de muitas pessoas com o conceito de pesquisa. As escolas são sempre alternativas de entrevista com professores, fontes de informação dentro das salas de aula e também integram boas bibliotecas. 

Comerciais 

Sim! Propagandas comerciais são bons termômetros de como e o quê as pessoas estão consumindo. Assista a todos com um olhar de pesquisador e tente entender os elementos escolhidos pelas marcas e o que elas desejam comunicar. 

Dados governamentais 

Essa fonte para pesquisas é direcionada às pessoas com interesse em dados públicos. Portais da transparência ou até mesmo o site dados.gov.br são ótimas maneiras de buscar informações verídicas e relevantes para sua pesquisa. 

IBGE

Recorra aos clássicos! O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é um ótimo exemplo de base para dados secundários. O IBGE é muito usado devido ao fato de expor informações confiáveis e relevantes, sempre com fontes oficiais. 

As formas de realizar uma pesquisa desk (ou pesquisa secundária) são diversas: materiais impressos ou digitais, formas de coletar fontes, etc. O ideal é que elas sejam sempre feitas de maneira otimizada e atinja os objetivos da sua organização para coleta de dados eficiente. 

desk research

Quer fazer parte de um time que entende de cultura agil, transformação digital e te dá a oportunidade de trabalhar com Desk Research na prática? Então se junte ao time dti e se inscreva em nossa página de carreiras na vaga que mais se encaixa no seu perfil. Venha ser dti!

Preencha seus dados para receber nossa newsletter!

Ficou com dúvidas?

contato@dtidigital.com.br
R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010

Cuidado

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para analisar sua experiência no site e personalizar conteúdos e anúncios durante sua navegação. Ao navegar pelo site, você autoriza a DTI Digital a realizar tal monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade.

You will be redirected to spotify