saúde digital
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Diurno

Saúde digital: o setor em uma nova era

Saúde é um tema que nunca perde a relevância. Independente de crises globais ou outras grandes mudanças no contexto macro, serviços de Saúde são sempre necessários. Mas, demanda garantida não deve ser um passe livre para uma zona de conforto. Muito pelo contrário: a crescente concorrência nesse mercado é fator estimulador para o investimento em inovações.  

Diante disso, como o setor vem reagindo às necessidades de um público cada vez mais exigente? O que significa uma “saúde digital”Qual o futuro – e o presente – do setor de Saúde?  

saude digital

Um cliente diferente: o paciente 2.0 

Sabe aquelas salas de recepção nas quais se amontoavam pacientes que esperavam ansiosos, durante horas, pelo parecer do médico? Então, isso está se tornando um cenário do passado.  

Com a rotina corrida, uma das coisas pelas quais os clientes de serviços de Saúde mais prezam é a agilidade. Conhecido como “paciente 2.0”, esse novo perfil de clientes já está plenamente inserido nas dinâmicas digitais e, muitas vezes, só necessitam da confirmação de um laudo sobre o qual já pesquisaram na internet. 

O paciente 2.0 não é um cliente passivo, mas sim alguém informado e questionador. Esse novo público não deseja somente resultados de exames ou uma receita para um remédio, ele exige uma experiência completa.  

 

A saúde digital já é realidade 

Normalmente, quando falamos em Big Data, nos vêm à mente exemplos como Comunicação e indústrias do primeiro setor. Mas o mercado de Saúde também já vem se adequando a essa tendência, uma vez que o uso estratégico de uma base de dados pode ser traduzido em uma melhor experiência do cliente. 

Entre as vantagens do uso inteligente de dados está a redução de possíveis erros médicos. Através da análise dos históricos dos pacientes, o profissional é capaz de indicar os tratamentos mais eficazes para cada caso específico. Além disso, ao recorrer ao digital para o armazenamento desses dados, ao invés de papéis e arquivos físicos, reduzem-se as chances de perder informações tão delicadas e valiosas.  

saude digital - podcast42

A Inteligência Artificial também já foi incorporada pela saúde digital: conversas e resolução de problemas com o auxílio de chatbots se tornaram rotina no setor. Essas ferramentas estão evoluindo rapidamente, e alguns robôs já estão habilitados a realizar tarefas mais simples, como triagens de pacientes e indicar canais de escuta. 

Uma outra aplicação da IA no setor, e que também já está sendo utilizada, é a notificação automática sobre mudanças no estado de saúde de um pacienteAo ser informado pela ferramenta, o corpo médico pode registrar no prontuário a ocorrência de maneira precisa, além de agilizar o atendimento, o que faz muita diferença, principalmente em emergências. Processos mais ágeis nesse caso podem, literalmente, salvar vidas. 

 

Hermes Pardini + dti: pensando a saúde de forma ágil 

Mas, como a saúde digital funciona na prática? O case Hermes Pardini + dti pode te ajudar a entender isso! Na medicina diagnóstica, a tecnologia também vem sendo utilizada como aliada na promoção da saúde. Com isso em mente, em maio de 2019, o Hermes Pardini nos propôs um desafio: auxiliá-los na transformação da experiência digital do lab to lab. 

Quer saber como isso foi desenvolvido? Então, acesse o report “O setor de Saúde na era do digital e confira como a parceria Hermes Pardini + dti vem promovendo uma revolução digital no ramo laboratorial! 

saúde digital - report

 

Respostas rápidas às mudanças são VITAIS 

Na primeira metade de 2020, nós fomos atingidos por uma crise que poucas pessoas notaram sua aproximação. A pandemia de COVID-19 instituiu um “novo normal” e deixou um recado bem claro: devemos contar com o inesperadoPor motivos óbvios, os efeitos da pandemia foram ainda mais visíveis no mercado de Saúde, que precisou se movimentar com uma agilidade sem precedentes para que mais vidas não fossem perdidas. 

Conversas com chatbotsdigitalização dos resultados de exames e, até mesmo, atendimentos online acabaram entrando para a rotina dos profissionais de saúde e de seus pacientes, consolidando a era da chamada “saúde digital”. Isso prova que o mercado de Saúde está pronto, ou melhor, já deu início a uma gigantesca transformação digital.