Tendências para 2021
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Tendências para 2021: 4 temas da tecnologia em alta neste ano

2021 chegou com uma atmosfera de mudanças e novas perspectivas. As metas para um novo ano são um reflexo direto de como vivemos o último. E 2020 foi, de forma geral, um ano que nos tirou da zona de conforto e mudou as estruturas do pensamento sobre tecnologia. As apostas de tendências para 2021 já começaram, e no campo da tecnologia não poderíamos deixar de compartilhar.  Como uma grande aliada na manutenção damão de obra cibernética“, a revolução digital se fez necessária e mais atual que nunca. 

Pensando nas mudanças do mercado de trabalho decorrentes do fatídico 2020 e analisando o futuro dessa realidade, que tende a crescer ainda mais, separamos quatro dentre as principais tendências de tecnologia para o ano 2021. Confira nossas dicas e apostas:  

Segurança da Informação  

Por muitos anos, os dados de usuários da internet foram utilizados para fim mercadológico, o que resultou em uma menor segurança acerca de suas informações. Por isso, dentre as tendências para o universo da tecnologia, a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) se destaca: a lei foi aprovada, no Brasil, em agosto de 2018 e entrou em vigor apenas no fim de 2020A morosidade desse processo foi uma resposta ao debate gerado no mercado de empresas de tecnologia. Essa nova legislação estabelece parâmetros para a forma como os dados pessoais devem ser coletados, armazenados, aplicados e, por fim, excluídos.  

A partir dessa decisão legislativa, as operações realizadas com essas informações são regulamentadas e fazem com que as empresas coletoras tenham responsabilidade judicial por elas. Além das empresas, quem também deve estar atento às mudanças são os internautas: agora, o usuário pode solicitar a exclusão total dos seus dados de determinada plataforma e revogar a autorização concedida à empresa.   

Tendências para 2021 - CTA EntreChaves

Conteúdos Slow Content  

Você já se perguntou sobre a relevância e procedência dos conteúdos que acessa na internet? “Textos que não acrescentam em nada” ou “posts que só cumprem agendas” são apontados como fatores da produção em massa de conteúdos que preencham a lacuna do algoritmo e performem bons números de engajamento. 

A todo momento o internauta é bombardeado por informações, imagens, notícias e estímulos que, se consumidos a todo tempo, se tornam prejudiciais à saúde mental de quem os consome. É exatamente na contramão dessa realidade que o conceito de slow content (ou conteúdo lento, em tradução livre) surge. Com essa nova maneira de pensar o material digital, novas plataformas ganham espaço e notoriedade, como é o caso dos podcasts 

Upodcast é trabalhado e estudado a fim de levar esse conhecimento específico para interessados em determinado assunto. Isso transforma não apenas o método de consumo, mas também a maneira de produzir e fazer a curadoria do tema por parte dos criadores.  

De olho no Big Data 

Navegar online gera, automaticamente, uma sequência de dados que são transformados em informações filtradas sobre cada usuário. Entrar em um site de eletrodomésticos, por exemplo, faz com que os anúncios posteriores sejam, em sua maioria, sobre aparelhos usados em casa. Essa dinâmica de anúncios, que te conhecem mais do que seu melhor amigo, é um fruto do Big Data, que define os sites e produtos anunciados a partir do que o usuário acessa, pesquisa, curte, engaja e, até mesmo, ignora 

Os anúncios garantem a individualidade das propagandas, fazendo delas peças mais persuasivas e personalizadas. Isso, por um lado, é ótimo: você só terá contato com produtos e serviços de seu interesse. Por outro lado, o acesso a esses dados é uma questão que levanta debates sobre privacidade, confidencialidade e liberdade. Como você se sente sabendo que seus dados pessoais, como CPF, endereço, horários de rotina, preferências de conteúdo e posicionamentos políticos estão nas mãos de grandes corporações? Esteja atento: tendência é de que o debate acerca disso ganhe ainda mais visibilidade em 2021!  

Tendências para 2021 - CTA Os Agilistas

Práticas ágeis para o trabalho remoto  

Nos primeiros meses da pandemia, muito se discutiu sobre as dificuldades de migrar o escritório para o digitalDepois de um tempo, o dilema passou a ser sobre a otimização dos resultados em um ambiente diferente do habitual. Muitas empresas se viram de mãos atadas frente ao turbilhão de novidades que vieram sem nenhum aviso prévio, fazendo com que o pensamento ortodoxo se tornasse ainda mais prejudicial para as instituições.  

É exatamente aí que o agilismo entra como uma tendência para 2021: com uma dinâmica de maior adaptabilidade às bruscas mudanças e versatilidade nos métodos de produção A partir de feedbacks constantesequipes reduzidas e mindset colaborativoaplicações típicas do agilismo, o home office ganhou um novo aspecto e transformou, de maneira positiva, as dinâmicas de trabalho. Para que essa filosofia se mantenha viva na rotina da organizaçãoé necessário abrir as portas da empresa, literalmente, para essa mudança, do relacionamento interpessoal ao processo de produção. 

Com o agilismouma organização irá reduzir work in progress, e, ao fazer isso, automaticamente aumentará o throughput (taxa de dados transmitidos em uma rede) […] A agilidade será uma propriedade emergente, que certamente não se encontra em cada indivíduo, muito menos em indivíduos com metas locais.” Marcelo Szuster, CEO da dti Digital e moderador de Os Agilistas. 

  Tendências para 2021 - CTA Os Agilistas #106

Para além da nossa curadoria  

Concluindo as nossas projeções de tendências para 2021, é importante lembrar que, além dos quatro tópicos citados acima, temas como sustentabilidade, inclusão digital, representatividade e coletividade também serão discussões muito presentes no decorrer deste anoSe atentar para os impactos sociais, políticos e econômicos de uma pandemia  é muito mais que um tema para nosso blogpost: é um compromisso social que assumimos com o coletivo.  

Tá na dúvida?

contato@dtidigital.com.br

R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010