Saiba tudo sobre cultura ágil pelos experts da dti.

Ouça e acompanhe nas plataformas abaixo.

Soundclound
Spotify
iTunes

M1: Bom dia. Boa tarde. Boa noite. Bem-vindos ao enzimas, breves reflexões que te ajudam a catalisar o agilismo e a sua organização. No episódio de hoje eu queria falar um pouquinho sobre o que a gente tem chamado aqui internamente de comparação platônica. O que é essa comparação? E aqui não estou querendo ser preciso filosoficamente, mas a gente sempre ouve aquela história do amor platônico ou aquela história de que no mundo platônico, no universo platônico você tinha as formas perfeitas, e no nosso universo a gente não tem isso. Normalmente, essa história de fazer uma comparação platônica, ou pensar em um universo platônico é pensar em uma coisa perfeita, idealizada, muitas vezes inatingível e por que estou falando isso? Porque a gente vê um fenômeno acontecendo recorrentemente em todo o mundo que começa a tentar adotar o agilismo, que é o seguinte: no primeiro obstáculo que aparece, no primeiro resultado que não é tão bom quanto queria, no primeiro problema que alguém percebe; a primeira coisa que alguém faz é comparar isso que aconteceu com alguma coisa que estaria dando muito certa se fosse seguida, mas coisa essa que ninguém nunca viu qual é, ninguém nunca soube qual é, ninguém nunca fez, e talvez exista nesse universo platônico aí. Então, é muito curioso, você vê alguns lugares, problemas que não são resolvidos há anos, e aí você vai resolver de forma ágil, quando você esbarra em alguma complicação aquilo já vira motivo imediato para alguém, que é resistente fazer uma comparação platônica e começar a imaginar que essa outra forma, que está só na cabeça dele ou que está em algum lugar do universo teria funcionado muito bem. Então, a reflexão que eu queria trazer aqui, é o seguinte: vamos evitar as comparações platônicas, vamos cair na real, e vamos seguir o caminho que não é fácil, mas é o caminho que vai dar o resultado, que é o caminho de continuamente aprender e usar cada obstáculo desses não para poder desistir e tentar pensar nesse universo platônico, mas como um marco de aprendizado para seguir em frente.

: :
os agilistas

ENZIMAS #01 Comparação Platônica