Saiba tudo sobre cultura ágil pelos experts da dti.

Ouça e acompanhe nas plataformas abaixo.

SoundCloud
Spotify
iTunes
M1: Bom dia, boa tarde, boa noite. Este é mais um episódio de Enzimas, breves reflexões que te ajudam a catalisar o agilismo em sua organização. Pessoal, no episódio de hoje eu queria compartilhar uma preocupação que eu tenho sobre qual será o comportamento das empresas nesse novo ambiente com o qual lidaremos no pós pandemia. Uma coisa é fato, infelizmente, nesse novo ambiente. Todos estarão mais pobres, todos estarão com menos recursos, soma-se a isso que vai ser um ambiente completamente incerto, o tal do novo normal. Ninguém sabe exatamente como o consumidor vai reagir, como a sociedade vai reagir, se algum tipo de negócio retornará ao que era antes. Obviamente que todos pensam que o digital vai ter um papel ainda mais relevante nesse momento. Qual é a minha preocupação? Para mim, parece muito natural que muitas empresas, ao se depararem com um ambiente desses, muita incerteza e pouco recurso, pensem o seguinte, que elas têm que ter muita certeza como gastar o dinheiro que elas vão gastar, já que o dinheiro vai estar limitado, e que tem que ter muito controle disso e que tem que ter estruturas de governança muito fortes para garantir que esse dinheiro não seja mal gasto. A final das contas, cash is king, que é a frase mais importante nesse momento. Obviamente que eu não discordo disso, e obviamente que o caixa nesse momento é importantíssimo, e se normalmente uma empresa não pode se dar ao luxo de desperdiçar dinheiro, o que já em um momento de crise onde esse recurso é muito limitado. Mas a questão aqui é a seguinte, qual é a melhor forma de não desperdiçar dinheiro? Será que a melhor forma de não desperdiçar dinheiro é realmente tendo certeza do que se vai fazer, é criando uma governança forte, é fazendo um gerenciamento centralizado, microcontrolando todos para garantir que nenhum centavo seja gasto a mais, principalmente quando a gente fala de criação, de inovação, em um ambiente incerto. Será que esse é o caminho? Eu acredito no contrário, e o agilismo é um movimento que acredita exatamente no contrário, que na verdade deveria ser intensificado nesse momento. Se o ambiente é incerto, eu preciso usar todo o potencial de todo mundo da minha organização para saber como enfrentar esse ambiente. Na verdade, é a hora de eu usar esse potencial da forma melhor possível, confiar que as pessoas são adultas e confiar que elas irão entender que agora tem que atender rápido e que tem o orçamento limitado. Uma empresa tem formas de evitar o desperdício de dinheiro que para mim é muito mais efetivo, é delegando responsabilidades aos times, ainda que limitando a quantidade de dinheiro que pode ser utilizada, mas ao mesmo tempo dando espaço, dando autonomia para que eles possam aprender rapidamente, descobrir o que tem que ser feito e fazer com que a empresa possa gerar valor nesse novo ambiente.
: :
os agilistas

ENZIMAS #36 Paradoxo Do Controle

Ficou com dúvidas?

contato@dtidigital.com.br
R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010