Saiba tudo sobre cultura ágil pelos experts da dti.

Ouça e acompanhe nas plataformas abaixo.

SoundCloud
Spotify
iTunes
M1: Bom dia, boa tarde, boa noite, esse é mais um episódio de Enzimas, breves reflexões que te ajudam a catalisar o agilismo em sua organização.Bernardo: Oi, meu nome é Bernardo, eu sou o líder da prática de agilidade organizacional para a América Latina, e tenho trabalhado nas mais diversas indústrias apoiando empresas a implementar a agilidade em escala na região. Hoje queria contar para vocês a história de um líder tradicional que se tornou, para mim, um exemplo de um líder de agilidade. Imaginem uma pessoa que gosta e que vê valor em ter controle sobre aquilo que o time dele faz. Imagine uma pessoa que quer fazer parte das decisões importantes no seu processo de desenvolvimento e colocação de feature no mercado, mas também está cansado dos métodos tradicionais, onde as coisas demoram para ver a luz do dia e entregar valor para o cliente. Essa pessoa é apresentada a uma ideia nova de criar um time que trabalha de forma multidisciplinar, e que vai entregar coisas a cada quinze dias, mas que para isso precisa ter independência, precisa tomar decisões rápidas, e precisa do tempo dele quando é necessário. Ele pensa e fala “tá bom, vamos experimentar.” essa pessoa depois se torna um dos maiores exemplos de liderança ágil que eu pude ver. E ele faz bem três coisas, ele empodera as pessoas e as equipes para tomar as decisões, ele também, pelo jeito dele gostar de ver o que está saindo, e ter uma opinião, ele deixa muito claro para a equipe onde ele gostaria de opinar, mas mais importante do que isso, ele se disponibiliza para opinar sobre esses tópicos, então a equipe não fica parada em nenhum momento esperando uma reunião, a agenda complexa desse líder, ou o bom humor dele para tomar decisões difíceis, bem o contrário. Ele está sempre disponível, seja por quinze minutos, por vinte minutos, por uma hora, para ele debater com o time as coisas que realmente ele deixou claro que são importantes para ele, que são importantes para o cliente dele, e para o time desenvolver. E eu observei essa transformação nesse profissional, e hoje ele é talvez um dos maiores líderes ágeis que eu tive a oportunidade de experimentar, mesmo pela transformação que ele passou. Espero que isso sirva de inspiração para outras pessoas. 
: :
os agilistas

ENZIMAS #62 Do tradicional ao ágil – Bernardo Sebastião

Tá na dúvida?

contato@dtidigital.com.br

R. Antônio de Albuquerque, 330 – 14° andar
Savassi, Belo Horizonte – MG, 30112-010